Resenha de Filme: Capitão América

Quando você faz um filme baseado em outras mídias precisa fazer algumas adaptações, porque o público é diferente, o cinema é bem mais popular e com o objetivo de maximizar os lucros, o filme tem que atingir a mais comum das pessoas. Então você tem que fazer um roteiro que dê credibilidade ao enredo e ao personagem que deseja apresentar, vemos aqui isso ser feito com maestria. Sem desrespeitar o que o personagem é, a interpretação dada ao Capitão América para o filme ficou ótima.

Não lembro da origem do personagem nos quadrinhos, mas ver um Stevie Rogers frágil, me surpreendeu bastante no inicio. Isso de cara faz com que o expectador tenha empatia com o personagem. Rogers era alguém comum com um sonho e no inicio do filme já da a sua mensagem, de que o mais importante de tudo é a pessoa que você é. Algo que sempre esteve presente nas revistas do Capitão que eu tive a oportunidade de ler. Ou seja, ao contrário de outras adaptações e refilmagens por aí, tiveram a preocupação de preservar e respeitar o personagem, mesmo mudando vários aspectos de sua origem.

Também vemos como soluções simples funcionam muito melhor na maioria das situações. Muito intressante a fórmula como Rogers se transformou de experimento para símbolo de propaganda em prol do moral nacional. Também é interessante a forma como constroem o vilão do filme em mais uma atuação do nosso Agente Smith/Elrond (Ver_o_nome_do_cara). Mais um ponto alto do roteiro, confesso que não sei como isso foi nos quadrinhos, mas gostei muito do cuidado dos roteiristas em explicar porque Rogers é único e não temos um exército de capitães américa.

Com uma base muito boa para o personagem, o filme flui muito bem até o seu final. Vemos a atuação heróica do capitão e um resumo das batalhas que travou até conseguir acabar com a Hidra. Não consegui entender as criticas negativas feitas a esse filme da mesma forma que não entendi as críticas feitas para o Thor. Foi um ótimo filme de heroi, respeitando a origem e o personagem do Capitão América, com humor, seriedade, tensão e emoção na medida certa. Me atrevo a dizer que só não gostou do filme quem realmente nunca gostou do personagem.

Leave your comments

Post comment as a guest

0

People in this conversation

  • Guest - Ogto (Creso)

    Caríssimos amigos....

    Eu não gosto de personagens bandeirosos (Superman, Capitão América, etc.), mas gostei deste filme e muito... Já assisti, pelo menos umas 10 vezes,...

    Gostei do primeiro filme do Thor e gostei ainda mais do segundo...

    Continuo não gostando dos quadrinhos do Capitão, do Thor, dos Vingadores... Mas no cinema é muuuuuito maneiro!

    KKKKKKKKKK

    Coisa de maluco isso...


    Abração do Ogro!

    Like 0 Short URL:
  • Comigo era mais ou menos assim também. Eu não acompanhava os outros personagens, só lia mesmo Batman, Homem-Aranha e os X-Men que era quem eu mais gostava nos quadrinhos. Não me ligava muito nos Vingadores, eu os achava poderosos demais, achava que deveria ser difícil arrumar dilemas pra eles, até ler Guerra Civil, que para mim foi a melhor coisa feita na Marvel em todos os tempos.

    Esses filmes estão muito bons realmente. Até agora dos filmes da Marvel eu só não gostei do Homem de Ferro 3, Thor 2 podia ter sido melhor, os demais foram muito bons. Tenho grandes expectativas sobre esse novo X-Men e sobre o Vingadores 2. Espero que eles não façam besteira.

    Like 0 Short URL:

Últimos Comentários

Guest - Romildo lima
Li e Recomendo. simplesmente Alexey rickmann nos mostra que temos grandes potencia na literatura Nac...
Mesmo no novo endereço, que você citou, a loja não existe mais. Conversando com o dono, ele disse qu...
Guest - Leonardo
Na verdade eles se mudaram para este endereço: 33 Avenida Treze de Maio 20031-007 Rio de Janeiro S...
Guest - Karla Lopez
Eu gostei o filme. Lembro dos seus papeis iniciais, em comparação com os seus filmes atuais, e vejo ...
Guest - Ogro
Fala, Chança!!!! Gostei do texto... Essa é uma das poucas estórias do Super que eu curto. Um grand...

Login